quinta-feira, 9 de agosto de 2007

Encontro com a morte

"Estou com pressa, vou me encontrar com uma pessoa ciumenta."

Coordenador do DST-Aids no Acre teria sido estrangulado e jogado no rio
O corpo encontrado no final da tarde de ontem num igarapé que cruza a estrada do Quixadá na altura do quilômetros 14, é mesmo do coordenador do Programa Estadual DST/AIDS, Francisco Dantas. O corpo, despido, boiava no igarapé Piragi. A irmã do coordenador o reconheceu. Fonte

Em nota divulgada na noite de quarta-feira (08/08), o Programa Nacional de DST/Aids (PN) lamentou a morte de Francisco Dantas e reconheceu “a grande liderança” que o ativista teve na defesa da cidadania e dos direitos humanos. Luta que, na avaliação do PN, “ultrapassou as fronteiras do Acre.” Abaixo, o texto na íntegra. Fonte

Em nome de todos os funcionários do Programa Nacional de DST/Aids, lamentamos profundamente informar o falecimento do nosso amigo e companheiro Francisco Dantas, coordenador do Programa Estadual de DST/Aids do Acre. Reconhecemos a grande liderança que o Chico Dantas teve na luta em defesa da cidadania plena e dos direitos humanos, luta esta que ultrapassou as fronteiras do Acre, na sua atuação como gestor e também como ativista. Lamentamos a violência de que foi vítima e estendemos a nossa solidariedade à sua família e amigos.

Quarta-feira, 8 de agosto de 2007
Mariângela Galvão Simão – Diretora do Programa Nacional de DST/Aids Leia mais

Nenhum comentário: