quarta-feira, 27 de junho de 2007

Lebrone

Lebrone é um tipo de gente assim, sabe, sei lá... Mais ou menos desse jeito, que leva a vida na boa, entende? Tipo assim, aqueles piores que saem tacando fogo em índio pensando que era mendigo, espancando empregada doméstica achando que era prostituta... esses não são lebrones de jeito nenhum, entendeu? Los Porongas, esses são lebrones. Leonardo Brito e a galera do Comitê Teen, esses são Os Lebrones. E o Pia Vila também. Sacou, lebrone?

5 comentários:

Léo disse...

Deixo duas posições doutrinárias sobre os lebronianismo que deixei na comunidade "Eu sou Lebrone":

Léo disse...

Realmente essa é uma questão tão complexa quanto a da própria essência da vida... Mãããs... Ser lebrone realmente é ser algo assim sei lá entende. Talvez uma mistura de Tom Zé com Pia Vila e Pai Mei. é ser(um tanto, mas não totalmente) anti-social, autêntico, ousado e não se preocupar com os padrões que a sociedade nos impõe. É ser simples, mas notável. Ser lebrone representa a supremacia do ser sobre o ter e o estar. É o amor que move montanhas e nos faz caminhar,mesmo que o corpo não deixe, não é, Máximo?

Léo disse...

Sobre a auto-alugação e o ser Lebrone:
Sem dúvida alguma que em uma discussão ontológica acerca da postura Lebrone, uma leitura faz-se imprescindível: A auto-alugação figura como um dos pressupostos fundamentais para a afirmação da identidade de um Lebrone, haja vista que a atitude auto-alugatória configura um encontro do auto-alugador com seus próprios defeitos e, por conseguinte, com a autenticidade do seu próprio ser. E mais ainda: expondo tais defeitos diante da sociedade, postura esta muito corajosa, uma vez que na sociedade pós-moderna cada vez mais as pessoas buscam aparentar a indefectibilidade, para transparecerem um alto potencial competitivo frente aos demais.

Anônimo disse...

Rodrigo Forneck

O léo esqueceu de dizer que ser lebrone é...
usar camisa de campanha fora do periodo eleitoral...
chinela havaiana...
aturar pessoas como o Tácio de Brito e o Braga num mesmo espaço e ainda gostar deles....
rsrsrsrs
é isso ser lebrone é viver a vida da melhor maneira possível, respeitando e valorizando todas as diferenças, inclusive a sua!!!

um grande abraço!!!

Léo disse...

Sobre a auto-alugação e o lebronianismo:Sem dúvida alguma que em uma discussão ontológica acerca da postura Lebrone, uma leitura faz-se imprescindível: A auto-alugação figura como um dos pressupostos fundamentais para a afirmação da identidade de um Lebrone, haja vista que a atitude auto-alugatória configura um encontro do auto-alugador com seus próprios defeitos e, por conseguinte, com a autenticidade do seu próprio ser. E mais ainda: expondo tais defeitos diante da sociedade, trata-se de um verdadeiro ato de coragem, uma vez que na sociedade pós-moderna cada vez mais as pessoas buscam aparentar a indefectibilidade, para transparecerem um alto potencial competitivo frente aos demais.