terça-feira, 1 de maio de 2007

Dia do Trabalhador 2

2 comentários:

matsan disse...

Trabalhador é igual em qualquer lugar do mundo. Aqui no Acre, que segundo depoimentos dos governantes, nós funcionários da educação, temos o maior piso do país, lugar onde nador primeiro subiu depois baixou seu próprio salário, mais eu como professor de matemática sei calcular os "noves fora NÃO FOI ZERO". Agora querem nos dá menos de 1% de aumento, é camarada chargista as coisas aqui no Acre estão voltando ao normal. acabou a era Jorge, vc sabe muito bem: o lance da prospecção, a grande demora em começar novamente as obras na cidade, sei não cara a coisa tá feia, até as greves estão voltando, quero ver é o pau comer na frente do palácio, lembra?

Cartunista Braga disse...

Êpa, esse tempo de greve era tempo de desemprego, saúde ruim, fome dez, educação zero, Romildo, Orleir Flaviano... Não era?