sexta-feira, 25 de março de 2011

Você e eu

Você é desfile de moda
Eu sou topada
Você é cantiga de roda
Eu sou zoada

Você é balanço de rede
Eu sou quentura
Você é água fria na sede
Eu sou só secura

Você é papel de presente
Eu sou embrulho
Você é a feijoada quente
Eu sou gorgulho

Você é muito dinheiro
Eu sou cheque
Você é veículo ligeiro
Eu sou breque

Você é hora do recreio
Eu sou dever
Você não tem nada feio
Eu amo te ver

Você é o que Deus deu
Eu sou de fé
Você é tudo que é meu
Eu sou teu, né?

2 comentários:

Glauco Capper disse...

Braga irmão, com todo respeito VC É O CARA!!!
parabéns pelo blog, virou meu point de todo dia!!!
Um abraço

Cartunista Braga disse...

Obrigado pela participação, parceiro.
Abraço do velho Braga