terça-feira, 15 de julho de 2008

Tõe Klemer, mui amigo!

Antonio Klemer é o que está de pé

Meu chapa Antônio Klemer, humorista do Show do Tom, da TV Record, soube que fui assaltado "isturdia", em Rio Branco e lá do Rio de Janeiro escreveu esse manifesto muito engraçado publicado no site do Sinjac. Brigado Klemer, mui amigo.

Pochete também é notícia

Antônio Klemer*

Jornalista é bicho metido a besta, mas há uns mais azarados do que outros. A maioria, no entanto, é gente criativa e bem humorada, a não ser- lógico! – no Dia do Pagamento. Ainda assim, esse é o único profissional que ri das próprias mazelas, que se abre dos seus erros.
Não dá pra rir de um erro médico, por exemplo. Do jornalista, dá pra rir de tudo, inclusive da escolha pela profissão. Irré- ré!!
E, ainda por cima, há os jornalistas que investem mal o seu salário.
Vejamos o exemplo de F. Braga.
Chargista, cearense radicalizado no Acre, outro dia fez piada com a pisa que levou no Canal da Maternidade.
Lugar em que se desfila com toda a pompa e circunstância que o acreano merece, o Canal é símbolo de status. Afinal, ali se estaciona a picape, se desfilam os tênis e moletons chiques no úrtimo. E, pasmem!, desfilam-se as ....pochetes.
Não se recomenda, mas elas passeiam faceiras, debaixo do bucho caído de...jornalista.
Pelo menos desfilavam até semana passada, quando F. Braga foi açoitado, diz-se- que, por um par de catrepeiros. Diz-se- que porque há controvérsia, infame, por sinal, de que Braguinha teria sido, na verdade, sabugado pelo dono do boteco onde bebe fiado. Mas eu não vou espalhar uma notícia dessas, sem prova!
Fagueiro como as tardes na Gameleira, o dito cujo adentrou aos escaninhos do Canal portando uma...(Vôte!)... pochete, quando os meliantes o abordaram: - Passa o redondo! Disseram, levando de cara o relógio Seiko da vítima. A pochete foi de troco. Braguinha lutou pra não entregar o Seiko, por isso lhe sobreveio a surra.
Braguinha saiu do Rio de Janeiro pra ser assaltado e açoitado no Canal da Maternidade, o que me faz pensar em como deve ser difícil morar numa cidade tão violenta, onde uma pessoa não tem direito a...andar de pochete.
Não se deveria brincar com as questões de gênero, mas Braguinha, segundo o Diretor do Página 20, Elson Dantas, deixou os marginais cheios de mondrongos pelo corpo, tacando, primeiro, o queixo na mão de um, depois a cabeça no pé de outro, e azunhou a ambos.
A ocorrência foi registrada num B.O singular: " a vítima, portando uma pochete à altura do imbigo etc".
Braguinha engoliu o chiclete, perdeu a pochete, o caso saiu na Internet e ele ainda recebeu um aviso da bandidagem: - Te mete!
Na minha terra cabra macho usa jamaxí, caçuá, bisaco, bornal. Pochete? Sei não,hein...

ANTÔNIO KLEMER é jornalista e prezepeiro

7 comentários:

Kamai disse...

Agora eu ví... sobrou pro Bigode.
kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...

GiselleXL disse...

tem um certo grau de humor negro aí?
ah, vida de humorista tem q ser assim mesmo né? Até assalto de ti mesmo tem q virar piada!

xP

é isso aí, temos q saber usar tudo a nosso favor! =D

parabéns Braga!!

sandro ricardo disse...

É por isso que dificilmente vc perde o prêmio José Chalub Leite, quando não tem notícia vc procura, 'findou' encontrando! Ptóf. Saudade de vc,saudade mesmo. É só uma. Abraços

Anônimo disse...

Uma pena q nao trouxe meu dicionario de Acreanes! Nao consigo traduzir isso nem p Portugues, que dirah pra outra lingua! Eh mt criativo ou eh muita viagem! Legal! Bateu saudades da terrinha, ops, ja passou! Just kidding... hehehe MM

Cartunista Braga disse...

Quer dizer que, depois meia hora que tu tá aí na terra do Bush, já esqueceu o que é mandim e baixaria?

Anônimo disse...

Se situa menino, Bush ja era! Agora eh McCain, o Senhor da Guerra! Bush eh "coroinha" perto dele...Ave maria! Deus ou Alah meu Bom Alah nos proteja! Esqueci, nao!! (O palavreado) So nao uso, nem escuto, por isso que comunicar-se eh fundamental para que nem as palavras, nem as memorias virem cozido na panela do esquecimento! Me amarrei no Blog.. Tem mais do mesmo? kkkkkkkkk Marci I M

Cartunista Braga disse...

Claro que tem mais. Dá uma olhada nas ediçõe anteriores, em 2007. Tem um monte de coisa legal. Beijão querida. Saudade de você. Muita felicidade nessa nova vida. Tua bruguelinha americana é mutio linda. Parabéns. Cheiro no cangote.