terça-feira, 8 de fevereiro de 2011

O Fantasma da OCA

Aí, a única atendente da OCA que ficou,
Que de seu guichê, na carreira não saiu
diante da aparição, que todo mundo viu
Profissionalmente, ao fogo fátuo indagou:

Em que posso estar ajudando, cidadão?
Diga seu nome, RG, CPF, de onde vem,
CIC, PIS/PASEP, e-mail e C.U. Também.
O que quer, entre os vivos, assombração?

Venho das profundezas do sono eterno,
Bruscamente acordado da perpétua cama
Por alarido tal, que nem tirei meu pijama
Até esqueci documentos, sapato e terno

Quero saber se procede nefanda notícia,
Que tem me tirado o sossego, meu amor.
Me chamo Legião. Diga que não acabou,
Que ainda tenho aposentadoria vitalícia.

Conheça o Fantasma da OCA

Um comentário:

Ana Cristina disse...

Só faltou a ilustração do fantasma. Ops, Legião...