sábado, 29 de setembro de 2007

Melhor ator do Brasil

Wagner Moura, o Olavo da novela, matou a pau!

Jorge Viana passa bem

O ex-governador do Acre, Jorge Viana, saiu da sala de cirurgia onde foi submetido hoje para a extração de um cisto (uma lesão no nervo auditivo do ouvido esquerdo) no Hospital São Luiz, em São Paulo. Leia mais no blog do Altino, com exclusividade!

quarta-feira, 26 de setembro de 2007

Imprensa na intimidade

Eu fico intrigado com a forma tão íntima como a imprensa, de vez em quando se refere a uma autoridade. Veja o trecho de uma matéria publicada no jornal Página 20, em Rio Branco-Acre:
"(SIC) Entre os assuntos pautas da reunião: a importância do prêmio, o jornalismo acreano e até mesmo a vontade que o Angelim tinha em ser jornalista antes da formação em economia."
Pra quem não sabe, "o Angelim" é prefeito da capital do Acre, Rio Branco.

ONU

terça-feira, 25 de setembro de 2007

Outdoor 2

As fotos são de Oliviero Toscani, célebre por suas campanhas para a Benetton

Pra mim, a melhor mídia é o outdoor. Pela simplicidade da produção e pelo impacto que uma boa criação pode causar. O da hora é este assinado pela grife italiana No-l-ita, durante semana de moda em Milão, onde ressalta os efeitos da anorexia. Corajoso e polêmico.

Outdoor 1

"A vida é curta. Divorcie-se" é a frase deste outdoor, convenientemente colocado dentro do estacionamento de uma boate, em Chicago, EUA. A peça publicitária é assinada pelo escritório Fetman, Garland & Associates, especializado em separações judiciais. A idéia foi de Corri Fetman, uma das sócias da empresa. "Os anúncios de firmas de advocacia são chatos. Tudo é sempre o mesmo. São advogados em bibliotecas, vestidos com um terno e livros de direito. Então fizemos algo diferente", disse Corri à ABC News.

Autodefesa

video

sexta-feira, 21 de setembro de 2007

Meus heróis morreram de overdose


Mui amiga!

Foi o Tonhão que me contou a história que deu origem à charge, disse que é fato real. Mas, fato mesmo é que a homofobia e a violência têm alarmado os grupos GLBT por todo o país. Leia mais

quinta-feira, 20 de setembro de 2007

Lei de Gerson

Caro Braga!
Esse lugar que tu tão bem conheces tem fumaça pra tudo que é lado. Os latifundiários e saqueadores de nossa madeira e de todas as riquezas de nossas gentes tocam fogo em tudo pra tirar madeira e botar pasto de boi. Depois, com o apoio dessa IN-PRENSA põem a culpa nos pequenos agricultores que há centenas de anos fazem coivaras pra plantar pequenos roçados; ganham verbas do Basa e o apoio do Ibama, Imac, MPE e do Governo DÁ a Floresta.
Em homenagem a esse Acre setembrista, escrevi EMBRIAGADO E PUTO DA VIDA as palavras que te envio em anexo.
Abraços.

Azul-Fumaça

Toda hora parece que chove,
Mas não chove
É tarde de frio e o calor arde em nossos corpos semi-ocos
O fundo da tarde é azul-fumaça
O ar da noite é azul-fumaça
O cheiro da manhã é azul-fumaça
Nossa estética é azul-fumaça
Nosso belo imensamete mundo azul-fumaça
Nossa medíocre acreanidade azul-fumaça
Choram meus olhos engasgados de azul-fumaça
Que estação é essa?
Fumo fumaça
Bebo fumaça
Tusso fumaça
Como fumaça
Engulo fumaça
Transo fumaça
Danço fumaça
Leio fumaça
Canto fumaça
O presente infinitamente belo
é azul-fumaça
Nosso futuro impiedosamente belo
é ermo azul-fumaça
Repletos de azul-fumaça
Meus filhos
e os filhos dos vizinhos
e os filhos dos outros vizinhos,
de onde a vista não abarca,
brincam guardados pela fumaça, atrás da casa
gradeada de fumaça
Meu cachorro uiva fumaça.
À meia noite, invadido pela beleza cáustica
desse azul-fumaça,
meu coração solitário dispara suas dores
incendiadas de azul-fumaça
O sol queima a pele da moça que desejo
Beleza futurista
Esculpida de azul-fumaça
Mas a gente nem vê o sol
A lua dessas noites amazônicas
empurra sua força resplandecente,
feito aurora boreal
Mas a gente nem vê a lua
O lugar de onde falo
tem um bucólico
ar azul-fumaça
Por sobre todas as casas
brotaram súbitas chaminés
por onde penetram ondulantes fachos
azul-fumaça
As águas de nossos tortos rios
Enfeitam-se do sustentável tom azul-fumaça
Corporificando a arquitetura de nossa supremacia
Conjugando a sobrenatural beleza
E a crueldade in-visível
Dos talos ressequidos
Das folhas carbonizadas
Da fumaça no ar
A beleza colossal
De nossa florestania
Transita irretorquível na atmosfera virtual
Seus sons de carretas madeireiras
Celestialmente entoados
ecoam por entre um idílico fundo
Azul-fumaça

Ao Acre Azul-fumaça set/2007
Gerson Albuquerque - Professor, brigador, danado, brasileiro, acreano, meu amigo pacaralho!

Bar do Lúcio

Estive em Parati, no último final de semana e tomei umas geladas no bar do artista plástico Lúcio Cruzz. Show de bola! Visite o site do bar e a cidade, é claro!

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Bienal

DANILO DE S'ACRE - CRAYON SOBRE PAPEL, ROMA, 1986

Oi! Vai curtindo os belos traços do Dan, que eu vou ali levar um papo com Ariano Suassuna e Gabriel Garcia Márquez, na XIII Bienal do Livro. Se quiser me encontrar, eu sou aquele cara que está com um nariz de palhaço, uma camiseta com o texto: "Renan nã-nã-nã-nã-não!" e o livro História Desenhada - Charges do Braga debaixo do braço.

segunda-feira, 10 de setembro de 2007

Sergio Souto

Este mês o acreano Sergio Souto lança o CD Sergio Souto - Vinte e Tantos Anos, em Rio Branco e faz turnê pelo estado, depois será no Rio de Janeiro. Imperdível!
Quem dera eu fosse Alain Delon,
Te levaria logo pra horizontal,
Te daria um banho de Moët Chandom
Beijinho, beijinho, etecétera e tal...

Sergio Souto

Rio Acre

O general

O ministro da Defesa, Nelson Jobim, ameaçou afastar o comandante Enzo Martins Peri e os demais generais que apoiassem uma eventual nota "fora de tom" contra o governo. Leia mais

Vôo alto

O ex-governador do Acre, Jorge Viana, foi convidado para presidir o conselho de administração da Helibras, maior fabricante de helicópteros da América Latina e topou. Leia mais

quinta-feira, 6 de setembro de 2007

Força do hábito

video

Seguura, Renan!

Ó o jeito!

Aprenda como identificar um cearense, piauiense, acreano e mais um bocado de gente tanto do norte como do nordeste, cujas características são mais ou menos essas:

Não fala sai da frente, fala Ó O MEI!
Não fala que estranho, fala Ó O JEITO!
Não briga, risca a faca
Não entra, imburaca
Não chaveca mulher, queixa a gata, passa o queixo
Não conserta, endireita, ajeita
Não joga fora, rebola no mato
Não fala vamos, fala rumbora, bora, BÓ. Ou, a que eu mais gosto, bó simbora!
Não vai embora, DESABA
Não fala vou embora, fala VÔ CHEGANO!
Não bate, mete o chico doce no pé da lata
Não dobra, quebra (quebra pra esquerda!)
Não tem fome, fica brocado
Não enche a barriga, fica de bucho chei
Não se dá mal, se lasca
Não irrita, bota boneco
Não cola na prova, pesca
Não vai agora, vai nestante
Não sai com puta, pega um gato véi
Não bagunça, esculhamba
Não arremessa, sacode
Não observa, passa o pano
Não olha, espia
Não é cuidadoso, vai só narmanha
Não tem pressa, é avexado
N
ão respeita, considera

Você que conhece muitas outras características e expressões não só nortistas e nordestinas, mas de todo o Brasil envie para o Bragger e vamos ampliar a nossa lista.

terça-feira, 4 de setembro de 2007

Doe sangue

Fiz este cartaz para uma campanha de doação de sangue que ocorreria durante o feriado da Semana Santa, mas o cliente não aprovou alegando que a ilustração excluía os não-cristãos.
Bom, eu fiquei imaginando um adorador do diabo doando seu sangue para salvar a vida de alguém, principalmente a vida de um desconhecido.
Como eu sou cristão, e doaria meu sangue (se ele prestasse) a qualquer ser humano sem distinção alguma, assim como fez Jesus Cristo, e também sou publicitário boçal acredito que o trabalho ficou bom, por isso publico aqui o cartaz e começo a minha própria campanha.
Siga o exemplo de Jesus Cristo, o maior homem do mundo. Doe sangue sempre que puder, em qualquer época do ano. A qualquer minuto uma vida pode ser salva, seja ela cristã ou não-cristã.